Ocorreu um erro neste gadget

Advertência!

O conteúdo deste blog pode, literalmente, projetar você para algum lugar no tempo-espaço...

Translate

03 abril 2009

Da janela

Posted on 4/03/2009 09:17:00 AM by Théo, desarmado por um sorriso..


De quando eu te fazia morada pouco resta agora, já não há regozijo em te ver passar em frente à nossa janela e avisar que chegou, fingindo sempre se esquecer da chave só para que eu vá te receber. Abro o portão para que entre, mas tranco o meu coração e engulo a chave. A casa ainda é por nós ocupada, mas vazia agora está tua alma, eu fui embora de ti. Quem vai morar em você agora?

No Response to "Da janela"

Leave A Reply

Comente como queira...