Ocorreu um erro neste gadget

Advertência!

O conteúdo deste blog pode, literalmente, projetar você para algum lugar no tempo-espaço...

Translate

09 janeiro 2008

Para minha vó

Posted on 1/09/2008 05:22:00 PM by Théo, desarmado por um sorriso..


Entendo a perplexidade instante de teus olhos quando admirada de si mesma contemplas tuas mãos velhas e cansadas, compartilho enfadado uma dor que naturalmente ainda não a suporto ao ver-te encharcada de toda a humanidade que te mareja os olhos, diluindo junto com as lágrimas a tua alma triste, organizo minhas e tuas lembranças para saber sorrir dos dias em que me tomava pelas mãos e cantava pedaços de sorrisos, fragmentos de tua paz ainda colorem minhas noites ruins, então sei que nunca é em vão a vida dos que amam. Percebo calmamente cada dor em teus gestos de solidão, mas tu nunca estás sozinha vó, leva contigo minhas cores pra onde quer que tu vás.
Eu sempre percebo os momentos em que tu oras pedindo a Deus alguns últimos pedaços de arco-íris...

No Response to "Para minha vó"

Leave A Reply

Comente como queira...