Ocorreu um erro neste gadget

Advertência!

O conteúdo deste blog pode, literalmente, projetar você para algum lugar no tempo-espaço...

Translate

28 janeiro 2008

Dois litros de tempo

Posted on 1/28/2008 04:50:00 PM by Théo, desarmado por um sorriso..



Onde quer que exista o tempo não existirá só isso, existirá também a falta dele. Os minutos que me despertam pela manhã passam o resto do dia fugindo de mim, escorregando pelas mechas dos meus cabelos, não os consigo descobrir no branco do relógio na parede à minha frente, não os posso agarrar no colorido relógio em meu ainda jovem pulso esquerdo. Se é a noite maior enquanto olho a rua, permaneço só, por assim o ser, só para que passem mais rápido as horas, mas quando sozinho, o tempo é sempre vagaroso e anda aos tropeços com a ajuda de alguns poucos minutos cegos, os mesmos que costumam me despertar cedo e passam o resto do dia fugindo de mim. Poucos sabem, mas um minuto às vezes é meio, (experimente ter alguém que você gosta ao seu lado), não é de conhecimento geral, mas por maldade, (afinal, o tempo é mau) ás vezes um minuto não é um, mas quinze, quem abraça a solidão sabe do que estou falando. Os minutos são como companheiros infiéis, suas horas passam antes mesmo que possamos compreendê-los.

No Response to "Dois litros de tempo"

Leave A Reply

Comente como queira...