Ocorreu um erro neste gadget

Advertência!

O conteúdo deste blog pode, literalmente, projetar você para algum lugar no tempo-espaço...

Translate

23 janeiro 2005

Viver... agora?

Posted on 1/23/2005 03:13:00 AM by Rafael, o caçador de palavras



Em mais um devaneio de pensamentos, destes que vem quarta-feira à noite, quando você esta sozinho, olhando o teto, e imaginando naquela profundidade branca, sobrepor estrelas, minha mente inicia a pensar sobre o passado, os amigos, os amores, a vida se mostra como um livro aberto. Imagine um livro grande, já aberto, no qual você não vê a capa, mas apenas as folhas que aparecem, e que estas tem inúmeras letras e palavras, a maioria você não entende, acha que são letras que só os anjos poderiam pronunciar... mas você consegue ver algumas palavras que entende, e decifra algumas frases...
Talvez eu esteja complicando muito para dizer algo tão simples, mas a verdade é que às vezes, e realmente poucas vezes no corre-corre do dia-a-dia, você consegue elucidar alguns fatos de sua vida.
Eu comecei a ver como antes de assumir certas responsabilidades a vida tinha um gosto diferente. Não sei... talvez seja um pouco de melancolia (ou muita!), mas a verdade é que me vi, quando mais novo, jogando futebol em um campo aqui perto de casa. Cercado de amigos, rindo como nunca, e exaustivamente cansado de tanto correr, gritar, e rir... Exausto aqui, não sendo uma coisa ruim, mas um cansaço no qual você se sente satisfeito, entende?
Puxa, que sensação...!!
Depois disso iniciei a raciocinar como tudo mudou, como cada um daqueles amigos dali mudaram, como o campo mudou, como eu mudei!
Me lembrei que um dias deste me peguei pensando que deveria me cuidar mais, e acordar mais cedo, ir correr nas avenidas...
É estranho...antes estava cercado de um povo, e agora planejo correr sozinho...
Talvez eu não esteja fazendo o nexo correto de uma coisa com a outra, contudo, como mudam-se as coisas!
Não estou querendo dizer que perdi esses amigos, ou que abandonei a eles...
Na verdade não culpo ninguém, nem a mim mesmo....
O tempo que não perdoa... Cada um foi para seu canto, viver feliz de outras formas, assumir as responsabilidades que a vida impõe, e nisto tudo eu também me encaixo.
É, mas sinto falta.... Agora sei mais ou menos o significado daquela frase da musica do Cidade Negra: "Viva sempre, aproveite o momento." Devia-se colocar como matéria curricular das crianças, para tornarem-se adultos que não apenas escutariam a frase e ficariam quietos. Utilizariam esta como regra.
E você, não se lembra destes momentos? Então? Porque escuta a frase e não reage? Eu vou tentar, prometo!

No Response to "Viver... agora?"

Leave A Reply

Comente como queira...